Director: João Carlos Vieira
Quinta-feira, 29 de Junho de 2017
2017-05-08 16:15
Oeiras sorteia mais seis fogos de habitação jovem

Na próxima quarta-feira, dia 10 de maio, a Câmara Municipal de Oeiras vai realizar mais um sorteio no âmbito do programa de Habitação Jovem, no qual serão sorteadas seis habitações (de tipologias T0, T1 e T2) no Centro Histórico de Paço de Arcos, com rendas abaixo do valor de mercado. Este sorteio terá lugar às 18H00, no Salão Nobre do Palácio do Marquês de Pombal, em Oeiras.

Trata-se do imóvel da Rua Costa Pinto, Nº176, que foi adquirido em 2003 com um custo de 199.519€, tendo a sua reabilitação ficado concluída em 2017, fruto de um investimento de cerca de 368.191€.

O programa de concurso permite definir critérios essenciais para que a atribuição de fogos, em regime de arrendamento, se faça de forma justa e com regras objetivas e transparentes.

Na presente data encontram-se inscritos e em condições de integrar o sorteio 565 candidatos.

Recorde-se que o Programa Estratégico de Habitação Jovem do Município de Oeiras tem como objetivo adquirir e recuperar imóveis nos vários centros históricos do concelho, com a intenção de permitir aos mais jovens de ali se fixarem e, deste modo, promover e impulsionar a dinamização social e económica destes núcleos históricos.

Este programa tem como meta a construção de um total 300 fogos, destinados a jovens munícipes ou trabalhadores no concelho de Oeiras há pelo menos três anos, com idades compreendidas entre os 18 e os 35 anos.

Até hoje, o programa já viabilizou a compra de 24 edifícios com vista à sua reabilitação e transformação. Com a aquisição destes edifícios foi possível projetar 146 frações das 95 previamente existentes, considerando que os imóveis mais antigos são, normalmente, constituídos por tipologias do tipo T6 ou T7 (em média um fogo adquirido resulta em 1,6 fogos propostos, logo por cada 2 fogos adquiridos é possível projetar em média 3).

Na presente data o Município já atribuiu 38 fogos, que se encontram distribuídos pelos núcleos históricos de Oeiras, de Paço de Arcos, de Carnaxide e do Dafundo.

Durante o ano de 2017, prevê-se que se encontrem em fase de obra mais 34 fogos.

Importa realçar que, desde o início do programa até à conclusão do mesmo, prevista para 2020, a autarquia propõe-se disponibilizar cerca de 30.000.000€.

Entre aquisição e reabilitação na presente data já foram investidos cerca de 15.000.000€.

PUB
Artigos relacionados:

Coloque as Farmácias de Serviço no seu site