Director: João Carlos Vieira
Terça-feira, 19 de Setembro de 2017
2017-03-12 18:32
Dragões invadem águas de Cascais

O Clube Naval de Cascais organizou a 5.ª etapa das "Cascais Dragon Winter Series" e "Troféu Príncipe Henrique – O Navegador", provas em que participaram 33 barcos de 13 países.

Este evento da Classe Dragão, realizado com o apoio do Turismo de Portugal e da Câmara Municipal de Cascais, é composto por uma série de seis etapas, mantendo em intensa atividade os velejadores que em junho disputam o Campeonato Mundial, que também decorre em Cascais.

No primeiro dia de regatas, sexta-feira, e de acordo com as previsões meteorológicas, o vento não compareceu, obrigando a frota a ficar em terra. Já no sábado, e com um vento espetacular, a frota foi para o campo de regatas logo cedo, para a disputa das três provas previstas.

Com o vento de norte, com cerca de 10 a 12 nós e com algumas oscilações, deu-se a largada para a primeira regata, não sem antes os concorrentes tivessem testado a comissão de regatas e a obrigarem a uma chamada geral. Após a largada válida, e com a frota bem espalhada pelo campo de regatas, o vento deslocou-se para a direita, de modo que os barcos do lado direito ficaram favorecidos e assumiam assim a dianteira da regata.

Quem melhor aproveitou este momento foi Patrick Monteiro de Barros, a bordo do POR 64 "Lady Tati" e tripulado por Álvaro Marinho e Rodrigo Vantacich que assim venciam a primeira regata desta prova. Também em boa forma estava o presidente da International Dragon Class, Vasily Senatorov com o seu Even Better terminaria a regata em segundo lugar, logo seguido pelo Pow-Wow de Pedro Andrade.

A segunda regata foi navegada em circunstâncias similares, mas desta vez era Lars Hendriksen a bordo do seu Dragão "Eva" de 1957 que vencia. Mais uma vez a regata foi iniciada após uma chamada geral, e 3 barcos foram desqualificados sob a bandeira "U". Na segunda posição desta 2ª regata ficava o Pow-Wow de Pedro Andrade e em terceiro o Alfie de Lawrie Simth.

No entanto, o melhor ainda estava por vir para Pedro Andrade e sua equipa, pois logo após a largada da terceira regata eles assumiram a liderança, e dominaram esta última regata do dia, realizada com 20 a 25 nós de vento. Na segunda posição ficava o Alfie de Lawrie Simth e na terceira o Jeannie de Jens Rathsack.

As previsões de vento para domingo apontavam para ventos muito fortes, o que viria a confirmar-se, obrigando a organização ao cancelamento das provas agendadas para o dia.

Assim, no final, com apenas 3 das 7 regatas realizadas, a vitória foi para o Pow-Wow de Pedro Andrade, Charles Nankin e Piet-Hein de Jager. O segundo lugar foi para o Monday de Lawrie Smith, Hugo Rocha, Gonçalo Ribeiro, Ruben Sole e o terceiro posto para o Still Crazy de Stefan Winberg, Per Nogén, Markus Lagerquist, que vencia ainda a divisão corinthian, destinada a tripulações 100% amadoras.

No ranking das Winter Series, e quando faltam apenas uma prova para o final das Winter Series, o Strange Litle Girl de Dmitry Samokhin assumiu a liderança, seguido pelo Eva de Lars Hendriksen em segundo e pelo Fever de Klaus Klaus Diedrichts em terceiro.

A próxima e última Dragon Winter Series é o XXII Troféu S.M. Rey Juan Carlos que se realizará de 6 a 9 de Abril próximos e onde se espera a participação de mais de 40 barcos.

Mas a temporada de Dragões 2016/2017 será mais longa que o habitual, pois com o Mundial da Classe a disputar-se em junho, serão muitos os Dragonistas que virão para Cascais, aproveitar as excelentes condições do Clube para a sua preparação para a prova mais importante do ano.

PUB
Artigos relacionados:

Coloque as Farmácias de Serviço no seu site