Director: João Carlos Vieira
Sexta-feira, 28 de Abril de 2017
2017-01-17 18:11
Oeiras forma e qualifica futuros profissionais

 

Os jovens do concelho de Oeiras que no seu tempo livre queiram abraçar uma oportunidade de ter o seu primeiro contato com o mundo do trabalho e adquirir mais formação e qualificação para enfrentar o seu futuro profissional, têm agora oportunidade de inscrever-se no programa “Tempo Jovem”, do Município de Oeiras, que tem como objetivo principal a ocupação dos tempos livres dos jovens munícipes, através do contacto com atividades estruturadas e organizadas em variadas áreas de atividade profissional, proporcionando igualmente o contacto com o mundo do trabalho autárquico e institucional.

Este ano, o programa decorrerá de fevereiro a dezembro, dividido em quatro turnos, com 3 horas diárias (de manhã ou de tarde), de 2ª a 6ª feira, para jovens com idades compreendidas entre os 18 e os 30 anos e que possuam o 9º ano de escolaridade concluído.

As inscrições, que decorrem ao longo de todo o ano, devem ser feitas no Centro de Juventude de Oeiras, sito à Rua Monsenhor Ferreira de Melo, em Nova Oeiras.

O programa municipal “Tempo Jovem”, criado em 1992, tem como objetivo contribuir para a formação e a qualificação dos jovens do concelho, numa ótica da sua melhor inserção no mundo profissional e preparação para o futuro.

Este ano, o Município de Oeiras vai receber mais 150 jovens que aqui encontrarão uma oportunidade de ter o seu primeiro contacto com o mercado de trabalho, neste caso em que ficarão com a perceção de como se trabalha numa autarquia.

Estes jovens serão integrados em várias unidades orgânicas e as funções a desempenhar poderão ser de atividades de índole técnica, administrativa e informática, de natureza social, cultural, lúdico-recreativa, desportiva, nomeadamente, as que decorrem em regime de ATL, apoio ao funcionamento de valências ao nível da participação cívica e associativa, realização de ensaios e inquéritos de interesse municipal, apoio a atividades culturais, recreativas, desportivas, particularmente, nas iniciativas de índole municipal e ao nível da efetivação de colónias de férias, nos meses de Verão e pausas escolares e atividades de estudo e investigação tutelados pela Autarquia.

Por forma a dotar os jovens de mais e melhores competências para a inserção no mercado de trabalho são, também, disponibilizadas aos jovens, desde 2015, diversas formações modulares nas áreas comportamental, comunicacional, empregabilidade, assertividade, técnicas de apresentação, expressão, liderança, trabalho em equipa e inserção no mercado de trabalho.

Também a preparação para o exercício consciente e ativo dos direitos de cidadania se tem revelado nesta política, onde se procura dotar os jovens de experiências que os enriqueçam na sua relação não apenas com o mercado de trabalho, mas principalmente, com a sociedade em que se encontram inseridos.

Os referidos objetivos têm vindo a ser alcançados com implementação e desenvolvimento de diversos programas, nomeadamente de ocupação de tempos livres, quer de iniciativa estritamente municipal, quer em parceria com outras entidades.

Por último, recorde-se que em 2016 participaram 272 jovens em áreas como Gestão Lazer e Animação Turística, Marketing e publicidade, Direito, Arquitetura, Educação Física, Economia e Engenharia Física entre outros.

PUB
Artigos relacionados:

Coloque as Farmácias de Serviço no seu site