Director: João Carlos Vieira
Quarta-feira, 24 de Maio de 2017
2015-07-17 13:58
Paulo Miguel satisfeito com regresso às pistas

O regresso de Paulo Miguel ao volante do MG Midget e ao Campeonato Nacional de Clássicos Circuitos 1300 teve um duplo sabor para o piloto da linha do Cascais.

O carro reconstruído do zero esteve a um nível muito bom, assim como o piloto, que depois de um hiato de tempo relativamente prolongado, se reencontrou rapidamente, conseguindo uma boa prestação, sempre em crescendo tanto em treinos como em corrida.

Na primeira ronda competitiva disputada no último sábado, Paulo Miguel optou por um andamento vivo mas sem arriscar. No entanto um desentendimento com outro concorrente na descida de Mateus, seguido por despiste, iria deixar o MG Midget “fora de combate” e sem possibilidades de recuperação para a corrida de Domingo. Com a interrupção da corrida, Paulo Miguel ficou ainda assim classificado, registando o quarto lugar dos Históricos 81.

“O Circuito de Vila Real foi palco da maior prova, foi uma semana inesquecível, deu para relaxar, trabalhar e finalmente estrear o nosso MG na pista transmontana. O carro esteve excelente, num trabalho brilhante desenvolvido pelo David Formigo e pela equipa de Fernando Carneiro.”

O acidente veio estragar os planos traçados para o fim-de-semana, mas as corridas são mesmo assim. Conseguimos perceber que o MG tem ainda muita margem de desenvolvimento, sendo que ficamos com uma certeza: nasceu bem! Há muito que não tinha tanto gozo em guiar, senti me muito bem e bastante motivado. Agora há que pensar na próxima prova com otimismo e sempre a mesma determinação, eu acredito no velho ditado: ”O que não te mata torna-te mais forte”.

“Não é este acidente que nos vai fazer baixar os braços, sabemos que é difícil e que possivelmente iremos necessitar de mais apoios e parceiros, para fazer face a este revés e para que a recuperação do carro seja feita o mais rápida possível. Acreditamos que isso é possível”.

“Uma última palavra para aquilo que para nós foi o momento alto do fim-de-semana: as palavras amigas e de encorajamento, assim como o apoio instantâneo de muitos pilotos dispostos a colaborarem na recuperação do carro.”

“Estes actos dizem tudo sobre o extraordinário ambiente que se vive no seio dos clássicos e esta foi mais uma prova de amizade e carinho que nos realmente tocou muito e que nos dá mais força para o merecido regresso,” referiu o piloto da Linha.

PUB
Artigos relacionados:

Coloque as Farmácias de Serviço no seu site